FAQ

FAQ

Dúvidas Frequentes

Veja abaixo as principais dúvidas relacionadas ao Itacaré Paradise. Não encontrou o que procurava? Clique aqui e envie a sua pergunta.

 


Sobre a RCI, “The Registry Collection” e o intercâmbio (11)

O que é a RCI, e o qual o papel dela no empreendimento?

A RCI é a maior empresa do mundo de intercâmbio hoteleiros e de Casas de Férias. O sistema de Intercambio de Casas de Férias de Luxo é o produto RCI denominado “The Registry Collection”. Mesmo antes da implantação plena, o Itacaré Paradise já é um empreendimento credenciado “The Registry Collection” e seus proprietários podem, portanto, usufruir os benefícios do sistema.

Quais os benefícios que posso usufruir do “The Registry Collection”, antes mesmo do Itacaré Paradise ficar pronto?

Durante os doze meses de construção, os compradores já poderão usufruir do sistema. Cada um receberá um certificado de semana extra do “The Registry Collection”, que dá direito a uma semana de uso das propriedades da categoria “Gold Crown”. Esse certificado é um bônus, não há qualquer troca com as semanas de Itacaré.

É permitido comprar uma residência exclusiva no Itacaré Paradise?

Sim. Corresponderia à compra de doze frações. Isso deve ser negociado diretamente com a EKO.

O Itacaré Paradise estará sempre ligado ao “The Registry Collection”?

O credenciamento inicial dura dez anos. Após esse período, os proprietários decidem pela permanência no sistema ou pela adesão a outra empresa.

Os proprietários são obrigados a aderir ao “The Registry Collection”?

Ao comprar uma fração de unidade do Itacaré Paradise o proprietário ganha automaticamente cinco anos de associação gratuita ao sistema. Após esse período, ele pode optar por renovar ou não sua permanência.

Quanto custa renovar a permanência no “The Registry Collection”?

O valor pode variar de acordo com a freqüência de uso do sistema. Mas, em linhas gerais, é algo como US$ 200 ao ano, pelo título familiar.

Como funciona o intercâmbio de Casas de Férias?

Basicamente o proprietário entrega uma ou mais semanas de sua fração em Itacaré Paradise ao “The Registry Collection” e, em troca, pode escolher uma ou mais semanas em algum outro destino no Brasil ou no Exterior.

O intercâmbio é sempre “taco-a-taco”?

Não necessariamente. Há vários fatores que conferem à uma semana maior força de troca. Por exemplo: A antecedência com que a semana é entregue ao “The Registry Collection”; O período do ano no qual a troca é pretendida; O tipo de propriedade disponibilizada, entre outros.

É obrigatório usar a casa permutada no período correspondente ao uso da semana que entreguei para permuta?

Não. Você poderá utilizar seu crédito até dois anos depois da data correspondente ao uso da semana que utilizou para a permuta.

No caso de intercâmbio, com quanto tempo de antecedência deve ser manifestada a intenção?

Quanto antes, melhor – sua semana terá mais força no intercâmbio. O prazo mínimo, porém, é de 30 dias entre a entrega da semana e o uso do crédito.

Eu posso acumular semanas para fazer uma viagem maior?

Sim, respeitados os prazos de utilização.

Sobre as casas e sua construção (7)

O que acontecerá no caso de um ou mais adquirentes de frações do imóvel não quitarem suas parcelas?

A responsabilidade é exclusiva do inadimplente e de sua fração. Os demais proprietários, e suas propriedades, não são afetados.

Eu posso alterar alguma coisa no projeto?

Não. Como é uma propriedade de múltiplos donos, o projeto não pode sofrer alterações.

Todos os móveis, utensílios e decoração estão incluídos no valor da fração?

Sim, tudo está incluído. O comprador recebe a casa pronta, com todos os móveis e equipamentos, incluindo eletro-eletrônicos. Também há enxoval, utensílios de cozinha etc.

Poderei deixar na residência objetos de uso familiar?

Poderão sim, ser deixados pertences familiares. Para tanto, haverá armários privativos em dependências do piso inferior da residência.

O que é FF&E?

É a abreviação de Fixed furniture & equipments – que significa mobília, objetos e equipamentos. Usamos a sigla FF&E para nos referirmos a todos os móveis e equipamentos que acompanham a casa.

Sobre o sistema fracional (6)

Como o imóvel é fracionado? Eu compro só uma parte dele?

O fractional usa o conceito de multipropriedade. Ou seja, várias pessoas possuem um mesmo imóvel. A fração ideal de cada um, porém, não é medida em ÁREA ou em UNIDADE, mas sim em TEMPO. Assim, ele possui o imóvel inteiro por um período determinado de tempo a cada ano.

As Leis brasileiras permitem a venda fracionada de um imóvel?

Apesar de ainda não existir uma lei específica para o Fractional, a literatura e a jurisprudência dão pleno amparo a esta figura imobiliária, conforme parecer independente do escritório Trench, Rossi e Watanabe.

O Fractional tem escritura? Eu posso vender, permutar, alienar?

Sim, o Fractional é um imóvel escriturado, com todas as garantias e possibilidades que um imóvel oferece ao seu proprietário – revenda, aluguel, alienação fiduciária, transmissão para herdeiros etc. E na escritura aparece a fração ideal adquirida.

O Fractional existe em algum lugar do mundo?

Sim, o Fractional surgiu há cerca de cinco anos nos Estados Unidos, e rapidamente ganhou os mercados do México, Canadá e Caribe. Hoje é um dos modelos que mais cresce nestes mercados.

O Fractional perde valor conforme eu uso?

Não. Isso acontece com modelos como time share, que perde valor ao longo do tempo e do uso. Por ser um empreendimento imobiliário, o Fractional mantém seu valor, com a tendência de valorização do empreendimento onde está localizado.

Fractional é o mesmo que time share?

Absolutamente não. Existem diferenças fundamentais.

Sobre o tempo de uso e o uso do tempo (9)

O período de uso é corrido, ou pode ser distribuído em ocasiões diferentes?

O uso é distribuído da seguinte forma: uma Semana Premium e três Semanas Flutuantes.

Semana Premium: no espaço de um ano há uma Semana Premium para utilização do proprietário, que pode escolher um entre os seguintes períodos: Natal; ou Ano Novo; ou Carnaval; ou Semana Santa; ou Uma Semana durante o mês de janeiro; ou Uma Semana durante o mês de julho.

Semanas Flutuantes: As demais três semanas serão utilizadas no decorrer do ano, excetuando os períodos comprometidos nas Semanas Premium. Poderão ser utilizadas, no máximo, duas semanas consecutivas por ano. Em feriados prolongados a utilização máxima é de uma semana por ano.

Como é determinado o período de uso?

Para as Semanas Premium a ocupação é definida já no ato da compra. Para as demais semanas é utilizado o critério first come, first serve, ou seja, o primeiro a reservar determinado período garante sua ocupação e assim sucessivamente, respeitadas as restrições de consecutividade e feriados (vide resposta acima).

Como é feita a reserva das semanas flutuantes?

A reserva é feita pela internet, dentro do seguinte critério: O ano dos proprietários começa no dia e mês correspondentes à data da entrega da residência. Por exemplo, sendo a residência entregue no dia 01 do mês de maio, o ano de seus proprietários fracionários é compreendido de 01 de maio a 30 de abril do ano seguinte. 120 dias do início do ano do imóvel, o sistema de reserva é disponibilizado na internet (ainda utilizando o exemplo da entrega da residência em 01 de maio, a reserva estaria aberta a partir do dia 01 de janeiro). Para acessar o sistema de reservas, os proprietários terão cada qual seu login e senha, que receberão, via correio ou email, no momento da liberação do sistema de reservas.

É permitido ceder o uso para terceiros?

Sim. É permitido ao comprador ceder o uso da unidade durante o período de ocupação correspondente a sua fração, e dentro dos critérios de uso expostos acima. Durante seu período de uso, o comprador da fração exerce totalmente o uso da unidade.

No caso de cessão provisória de uso, os ocupantes terão que pagar alguma taxa para a Administradora?

Não. A administradora cobra exclusivamente do proprietário a taxa de manutenção mensal.

Durante o período de uso é permitido alugar a residência?

Sim, desde que respeitado o limite de ocupação das casas, conforme: Limite para casas de três dormitórios: 08 pessoas. Limite para casas de quatro dormitórios: 10 pessoas.

No caso de alugar a residência, a locação é com o proprietário da fração ou é feita através da Administradora?

O aluguel pode ser feito das duas maneiras, a critério do proprietário. Se feito pela administradora, ela cobrará uma porcentagem pelo serviço. Se for feito diretamente, o proprietário deve comunicar por escrito à administradora.

No caso de alugar a residência, os demais proprietários de frações recebem algum valor?

Não. O aluguel se refere apenas à fração comprada, não a todo o imóvel.

Há possibilidade de estender o período de uso?

Sim, desde que a semana seguinte esteja livre, e o proprietário ainda possua semanas de uso.

Sobre os serviços e manutenção (5)

Eu tenho que pagar água, luz, condomínio etc?

Não. Todas as despesas rotineiras estão inclusas na taxa de manutenção, que será paga a uma empresa administradora do empreendimento.

O que faz a administradora?

Ela gerencia todos os serviços e toda a manutenção da casa, garantindo que tudo esteja de acordo com o prometido no ato da compra.

Quais os SERVIÇOS INCLUÍDOS na taxa?

O serviço de hotelaria – arrumação e limpeza diária, inclusive da cozinha, os serviços de segurança, os serviços de jardinagem, piscina e todos os referentes à manutenção da casa.

Quais os SERVIÇOS NÃO INCLUÍDOS na taxa?

Os serviços extras de cozinheiro, baby sitter, transporte etc. No entanto, estes serviços podem ser contratados no concierge da administradora.

Qual o risco de encontrar a casa ou a mobília em mau estado?

Não há qualquer risco de tal acontecer. A residência receberá idêntico tratamento ao concedido a um hotel. Haverá constante vistoria e manutenção, e qualquer dano que ocorrer ao imóvel ou à mobília será imediatamente sanado, sendo o custo debitado para quem causou o dano. Os demais proprietários não serão penalizados e, ao chegarem para usufruir suas férias ou lazer, encontrarão tudo em seu devido lugar, num ambiente impecavelmente preparado para recebê-los. Este zelo também acontece com os eletrodomésticos e eletro-eletrônicos, que serão substituídos sempre que necessário.