Adquirir uma fração de um imóvel que tem outros coproprietários é realmente um investimento seguro?

Postado em: 24/01/2019 | Por:

Adquirir uma fração de um imóvel que tem outros coproprietários é realmente um investimento seguro?

Entenda como funciona o sistema fractional e tire suas dúvidas sobre a segurança da compra compartilhada.

Realizar grandes investimentos é uma situação que naturalmente gera uma insegurança inicial. Isso é ainda mais acentuado quando este investimento está sendo feito em uma propriedade que tem outros compradores envolvidos. O termo “compra compartilhada” passa uma sensação de estarmos nos envolvendo em uma situação semelhante a uma sociedade, como se várias pessoas fossem donas da mesma casa, o que gera certo desconforto.

No entanto, este é um grande engano de percepção e de entendimento da natureza do modelo das multipropriedades. Os empreendimentos fractional, não se configuram como sociedades em que os coproprietários são todos donos do imóvel em sua totalidade. Na compra compartilhada, cada proprietário é dono da sua própria fração do imóvel, que é medida por unidade de tempo de usufruto durante um ano. Esta fração da propriedade é registrada em cartório com todas as garantias asseguradas. De maneira simplificada, aquele imóvel em condomínio de luxo é, na verdade, 12 partes de um imóvel cada qual com seus respectivos responsáveis legais.

O que acontece se um dos proprietários estiver envolvido com algum esquema de corrupção, tiver seus bens bloqueados ou ações a serem executadas? Devo me preocupar?

No instituto da multipropriedade cada participante tem o registro da sua fração do imóvel. Desta forma, ter um ou vários dos coproprietários com problemas na justiça não impacta na segurança jurídica das frações que estão registradas no seu nome. Se algum deles tiver seus bens levados à leilão, por exemplo, será a fração que lhe diz respeito executada judicialmente e não o imóvel como um todo.

Desta maneira não há o que se preocupar em realizar o investimento no sistema fractional, pois o seu patrimônio estará assegurado pelos registros cartoriais.

E quem pode garantir que o imóvel, os mobiliários e os equipamentos da casa não passarão por mau uso a ponto de serem rapidamente depredados nas semanas de uso de outros proprietários?

A administração do condomínio possui uma rigorosa vistoria antes da entrada dos hóspedes e ao término da sua estadia justamente para verificar as condições do imóvel e de tudo o que está disponível na casa. Fazer esta averiguação das boas condições no momento da devolução da casa é responsabilidade da administração do condomínio.

No caso de algum dano ao imóvel ou à mobília ser constatada, a administração fará o reparo imediatamente, cobrando os devidos custos da pessoa responsável pelo estrago. Desta forma, os demais proprietários não serão penalizados e poderão ter tranquilidade de encontrar a casa em perfeitas condições toda vez que vierem desfrutar da estrutura do empreendimento.

Tem outras dúvidas e inseguranças em relação à compra da fração do seu imóvel?

Venha visitar nossas estruturas e agenda uma conversa com nossa equipe. Teremos o maior prazer em explicar tudo sobre o empreendimento e o modelo de compra compartilhada, sanando todas as suas dúvidas e proporcionando maior confiança na tomada de decisão sobre o investimento.

Mora longe e uma conversa presencial é difícil?

Então você pode entrar em contato com nossa equipe por meio deste e-mail contato@itacareparadise.com.br que fica acessível e no aguardo da sua mensagem.