Compra compartilhada de jatos e helicópteros

Postado em: 28/02/2016 | Por:

Compra compartilhada de jatos e helicópteros

Quem nunca sonhou em ter um jatinho particular? O problema é que para realizar esse sonho, é preciso ser milionário, correto? Errado! É claro que você precisa ter uma reserva financeira, mas este tipo de sonho está mais perto do que você imagina. Na onda da economia colaborativa, empresas estão oferecendo a compra compartilhada de jatos e helicópteros. O sistema funciona através da compra de cotas por, pelo menos, duas pessoas para a utilização de um bem comum.

Nos Estados Unidos e Europa, a prática já é antiga. No entanto, aqui no Brasil, ainda desperta desconfiança e curiosidade. A economia colaborativa está em alta porque, além de reduzir o desperdício, aumentar a eficiência no uso dos recursos naturais e combater o consumismo, ajuda a poupar dinheiro sem deixar de usufruir de alguns luxos.

E claro, a compra compartilhada torna sonhos possíveis de serem realizados. Uma aeronave de R$ 3 milhões, por exemplo, pode ter seu valor reduzido para R$ 600 mil quando se escolhe a divisão do bem. Não é a toa que entre os executivos o compartilhamento de aeronaves está se tornando bastante comum.

Como funciona?

itacare blog_compra compartilhada de jatos e helicópeteros 01

Na compra compartilhada de jatos e helicópteros, o participante tem direito a uma quantidade de horas de voo por mês. E o melhor: a empresa toma conta de toda a operação. Isso significa que o cálculo para a compra de uma cota leva em consideração as despesas fixas mensais com manutenção, piloto, hangar e combustível.

Além de gastar menos, os proprietários não precisam se preocupar com as demandas que um jato ou helicóptero apresentam. No caso de um helicóptero, por exemplo, o ideal é que o cotista faça a reserva com no mínimo duas horas de antecedência para que a empresa possa cuidar de todo o procedimento de segurança, abastecimento, coordenadas geográficas, etc. Dependendo do modelo que a prestadora ofereça, o cotista pode acabar tendo que voar em uma outra aeronave se a sua estiver em uso.

Resumindo, a compra compartilhada de jatos e helicópteros oferece três benefícios claros:

  1. Valor dos investimentos menor;

2 .O cliente não precisa administrar nem gerir a posse da aeronave;

  1. Os custos fixos de operação de uma aeronave são fracionados entre cotistas.

Esses motivos são suficientes para mudarem a cultura de consumo e propriedade da população, que agora se importa com o que utiliza e não com o que tem.

Tendência da propriedade compartilhada

itacare blog_compra compartilhada de jatos e helicópeteros 03

No Brasil, a propriedade compartilhada ganha cada vez mais adeptos. O grande motivador é a independência em relação à aviação comercial que os empresários têm buscado para cumprir a agenda com agilidade. Como aeronaves envolvem uma logística onerosa, como as despesas com manutenção, hangaragem, seguro e tripulantes, a tendência parece não ter mais volta.

Esse novo costume é resultante de uma mudança cultural que passa a valorizar a experiência e o uso e não mais a propriedade. Não é que falte dinheiro para o empresário que compra uma cota, mas simplesmente não tem mais sentido investir milhões de dólares em algo que vai ficar a maior parte do tempo parado.

E aí? Qual a sua opinião sobre a economia compartilhada de jatinhos e helicópteros? Deixe seus comentários em nosso post!