Ecoturismo: 5 dicas para uma diversão consciente na natureza

Postado em: 26/09/2018 | Por:

Ecoturismo: 5 dicas para uma diversão consciente na natureza

Quem não gosta de visitar lugares paradisíacos de natureza intocável como as belas praias e matas de Itacaré? O ecoturismo é uma prática bastante conhecida no Brasil e no mundo, mas muitos se esquecem da palavra mágica no começo dessa expressão. Ecologia não é só entrar em contato com o meio ambiente, mas respeitá-lo.

A natureza nos fornece alimento, lazer e cenários maravilhosos, mas ela precisa ser preservada. É disso que se trata o ecoturismo. É um turismo consciente. Para isso, há uma série de atitudes esperada do visitante aventureiro.

Separamos alguns pontos importantes que todo mundo deve ter em mente ao praticar o ecoturismo!

1. Tenha sempre uma sacola para o seu lixo

Jamais deixe seu lixo espalhado pelas florestas, trilhas e praias. O lixo que você deixa nesses ambientes é bastante prejudicial à natureza, uma vez que pode prejudicar não só o solo como os animais que vivem nas imediações.

Bichos curiosos como esquilos e quatis, por exemplo, podem prender a cabeça em garrafas, cortarem-se em latas ou se asfixiarem com plásticos esquecidos na mata. O ideal, inclusive, é até mesmo evitar materiais plásticos. Além de manter a mata limpa, você ajuda os animais!

2. Respeite os animais

E já que falamos neles, os animais possuem seus próprios hábitos alimentares. Por isso, é importante que se evite dar comida a eles nos passeios, já que qualquer alimento fora da dieta habitual pode ser prejudicial à saúde deles.

3. Incentive a cultura local

Cada região tem a sua cultura e os seus hábitos. O povo local tem a sua forma de se relacionar com a natureza e é legal se adaptar a ele enquanto estiver nas redondezas.

O comércio local também precisa de incentivo para sobreviver, mas fique atento para as práticas ecológicas. Evite contribuir com práticas nocivas ao ambiente, como a pesca predatória ou empresas que desrespeitam a natureza.

4. Respeite as normas de segurança

É muito comum contar com o auxílio de empresas e guias turísticos ao explorar a mata ciliar. O instrutor está acostumado a desbravar a região e saberá indicar o que é permitido ou não. Mesmo se você estiver sozinho, fique atento a áreas de risco.

Precipícios e áreas demarcadas por ultrapassagem proibida devem ser evitados, assim como regiões marinhas muito afastadas da costa sem um guia. Além disso, respeite os seus próprios limites, pois você pode colocar não só a sua vida em risco, mas as dos demais também!

5. Pratique hábitos ecológicos

Essa dica serve não só para a prática do ecoturismo, mas também para o dia a dia. Inserir hábitos ecológicos e sustentáveis na sua rotina é um importante fator para respeitar a natureza.

Procure separar o lixo reciclável, tome banhos rápidos, feche a torneira ao escovar os dentes, evite desodorantes com aerossol etc. Há várias medidas que você pode adotar para se tornar ecologicamente correto. Lembre-se daquele ditado: o respeito começa em casa!

Gostou das dicas? Agora você já está mais preparado para de fato praticar o ecoturismo. Que tal saber mais sobre as praias paradisíacas de Itacaré?